fbpx

Papéis na Gestão de Projetos. Um guia para consulta rápida.

Tempo de leitura: 10 minutos

Ainda presenciamos uma grande confusão ao identificar papéis e cargos relacionados ao Gerenciamento de Projetos. Resolvemos elaborar este guia de consulta rápida para ajudá-lo com este desafio. Primeiro, elencamos os principais papéis da gestão tradicional. Na sequência, os papéis da gestão ágil. Escolha a combinação mais adequada para a Metodologia de Gestão de Projetos definida por sua empresa.

O Gerente de Projetos

Profissional que assume as rédeas do projeto. Responsável pelas atividades de planejamento e acompanhamento do projeto. Aqui é importante reforçar que as atividades de gestão exigem grande esforço do gerente. Um bom gerente de projetos tem uma visão completa de seu projeto, tomando os devidos cuidados com o escopo, tempo, custo, qualidade, riscos, equipe e comunicação do projeto. Responde ao Patrocinador, que foi quem lhe deu poderes para gerenciar o projeto. Aqui você encontra 7 dicas para se tornar um gerente de projetos.

Foco de Trabalho:

  • Planejar, executar e finalizar projetos de acordo com prazos, orçamento e escopo definidos.
  • Gerenciar a equipe de projeto e os recursos alocados.
  • Monitorar e reportar o progresso do projeto para os stakeholders.

Habilidades Necessárias:

  • Habilidades sólidas de planejamento e organização.
  • Capacidade de resolver problemas e tomar decisões rapidamente.
  • Fortes habilidades de comunicação para coordenar a equipe e manter stakeholders informados.
  • Conhecimento em ferramentas de gerenciamento de projetos (MS Project, JIRA, Trello).

Experiência:

  • Experiência prática em gestão de projetos.
  • Certificações como PMP (Project Management Professional) são frequentemente exigidas.
  • Experiência com diferentes metodologias de gerenciamento de projetos, como Agile e Waterfall.

O Gerente do Escritório de Projetos

Este profissional é responsável pelo departamento ou setor da empresa que atua como guardião da Metodologia de Gestão de Projetos da Organização, o Escritório de Projetos. O Gerente do Escritório, ou Gerente do PMO, faz a ponte entre a alta direção da empresa e o cotidiano de Gestão de Projetos. Deve atentar-se a estratégia organizacional e fazer o possível para que o Escritório de Projetos atue de forma organizada, em termos de capacitação de pessoas, desenho de metodologia e implantação de ferramental de apoio a Gestão de Projetos e Portfólio. Estruturar um Escritório de Projetos não é uma tarefa trivial, o gerente deve ser capacitado e contar com apoio da alta administração da empresa.

Foco de Trabalho:

  • Definir e manter os padrões de gerenciamento de projetos dentro da organização.
  • Fornecer suporte e orientação para gerentes de projetos e programas.
  • Gerenciar o portfólio de projetos, garantindo alinhamento com a estratégia organizacional.

Habilidades Necessárias:

  • Fortes habilidades de liderança e gestão.
  • Conhecimento profundo em metodologias de gerenciamento de projetos (PMBOK, Agile, PRINCE2).
  • Excelentes habilidades de comunicação e negociação.
  • Capacidade de análise e pensamento estratégico.

Experiência:

  • Experiência significativa em gerenciamento de projetos e programas.
  • Histórico de sucesso em posições de liderança.
  • Experiência em gerenciamento de portfólios.

O Líder Técnico do Projeto

Par técnico do Gerente de Projetos na condução do projeto. O Líder técnico foca no produto ou serviço que o projeto deve entregar. Orienta, distribui tarefas e fornece suporte para a equipe do projeto em questões e problemas técnicos que porventura surjam durante o projeto. Geralmente é um especialista da área do projeto.

Foco de Trabalho:

  • Assistir os gerentes de projetos no planejamento e execução das atividades do projeto.
  • Gerenciar cronogramas, recursos e comunicação entre membros da equipe.
  • Monitorar o progresso do projeto e identificar riscos potenciais.

Habilidades Necessárias:

  • Excelentes habilidades organizacionais e de coordenação.
  • Capacidade de multitarefa e gestão de prioridades.
  • Fortes habilidades de comunicação e trabalho em equipe.
  • Conhecimento em ferramentas de gerenciamento de projetos.

Experiência:

  • Experiência prévia em suporte a projetos ou em funções administrativas.
  • Familiaridade com práticas e ferramentas de gerenciamento de projetos.
  • Experiência na coordenação de tarefas e gestão de cronogramas.

O Gerente de Programas

Um Gerente de Programas é um profissional responsável por gerenciar um conjunto de projetos inter-relacionados, denominados coletivamente como um programa, com o objetivo de alcançar benefícios e controle estratégico que não seriam possíveis se gerenciados individualmente. Este papel envolve a coordenação de recursos e a comunicação entre diversos projetos, garantindo que todos estejam alinhados com os objetivos estratégicos da organização. O Gerente de Programas deve possuir habilidades avançadas de gestão de projetos, fortes capacidades de liderança e comunicação, além de uma visão holística para monitorar o progresso, identificar riscos e assegurar que os objetivos do programa sejam atingidos dentro dos prazos e orçamentos estabelecidos.

Foco de Trabalho:

  • Gerenciar um conjunto de projetos inter-relacionados (um programa) para alcançar objetivos estratégicos.
  • Coordenar recursos e alocar adequadamente para os projetos do programa.
  • Garantir que os projetos do programa sejam concluídos dentro do prazo, orçamento e qualidade estabelecidos.

Habilidades Necessárias:

  • Habilidades avançadas de gestão de projetos.
  • Excelentes habilidades de coordenação e gestão de recursos.
  • Capacidade de lidar com múltiplos stakeholders e gerenciar suas expectativas.
  • Forte capacidade analítica para monitorar e controlar o progresso do programa.

Experiência:

  • Extensa experiência em gerenciamento de projetos, com preferência por projetos complexos e de grande escala.
  • Experiência em gestão de múltiplos projetos simultaneamente.
  • Certificações como PgMP (Program Management Professional) são desejáveis.

O Patrocinador

Quem atribui poderes ao Gerente de Projetos para seguir com o projeto. Não necessariamente envolve investimento financeiro. O Patrocinador deseja que o projeto seja finalizado com sucesso e apoiará o gerente, dentro dos limites pré-estabelecidos, na execução do projeto. Geralmente é acionado quando um conflito aparece e deve atuar sempre em parceria com o gerente que escolheu.

Características e Habilidades:

  • Liderança
  • Apoiador
  • Comunicação
  • Negociação

A Equipe de Projeto

Quem coloca a mão na massa e executa as tarefas do projeto que foram planejadas pelo Gerente de Projetos ou pelo Líder Técnico. A equipe de projeto deve reportar periodicamente o avanço de suas atribuições. Este avanço representará o avanço do projeto.

Os Stakeholders

De acordo com o Guia PMBOK , stakeholder é qualquer indivíduo, grupo ou organização que pode afetar, ser afetado por ou perceber a si mesmo como afetado por uma decisão, atividade ou resultado de um projeto. O gerente de projeto, juntamente com sua equipe, tem a incumbência, de em qualquer projeto, identificar, analisar, classificar e preparar estratégias para gerenciar as demandas e expectativas dos stakeholders. Todas as organizações deveriam desenvolver um plano de comunicação seus principais stakeholders, tornando-os, assim, apoiadores de seus projetos.

Os Fornecedores

Todos aqueles, externos ao projeto, que são responsáveis por um pacote de entregas do projeto, ou por um produto ou serviço que contribua para finalizar uma entrega do projeto. São fatores de risco para qualquer projeto e devem ser devidamente controlados por práticas definidas pelo Escritório de Projetos e executadas pelo Gerente de Projetos e pela Equipe de Projetos.

Papéis e Cargos na Gestão Ágil

A gestão ágil de projetos é uma abordagem dinâmica e iterativa que enfatiza a flexibilidade, colaboração e entrega contínua de valor. Em um ambiente ágil, vários papéis são essenciais para garantir o sucesso dos projetos, cada um com seu foco, habilidades necessárias e experiência específica.

Agora vamos colocar uma pitada de Gestão Ágil, e incluir também os papéis desta abordagem:

O Scrum Master

O Scrum Master é a ponte que liga o Product Owner e a equipe do projeto. Por isso ele atua como facilitador sendo o contato entre eles e descobrindo mecanismos para elevar o potencial de execução da equipe dentro dos requisitos estipulados pelo cliente. Esse profissional também precisa assumir o papel de treinador e desenvolver todo o potencial da equipe do projeto. Outro ponto importante na função do Scrum Master é a de articulador. São vários os envolvidos na execução de um projeto além da equipe: investidores, patrocinadores, Product Owner, fornecedores…

Foco de Trabalho:

  • Facilitar a execução do processo Scrum.
  • Remover impedimentos que possam atrapalhar o progresso da equipe.
  • Promover a colaboração e comunicação dentro da equipe e com stakeholders.

Habilidades Necessárias:

  • Excelentes habilidades de facilitação e comunicação.
  • Capacidade de resolver conflitos e remover obstáculos.
  • Conhecimento profundo da metodologia Scrum.
  • Habilidades de coaching para ajudar a equipe a melhorar continuamente.

Experiência:

  • Experiência em trabalhar com equipes ágeis.
  • Certificações como Certified Scrum Master (CSM) ou Professional Scrum Master (PSM).
  • Experiência em facilitar cerimônias Scrum (Daily Stand-ups, Sprint Planning, Sprint Review, Retrospectives).

O Product Owner

Responsável pela demanda do produto. É o indivíduo que define os itens que irão compor o Product Backlog e trabalha na priorização destes itens nas Sprint Planning Meetings. Faz o elo dos profissionais de gestão ágil da organização com o cliente final, seja ele interno ou externo. O Product Owner deve sempre se preocupar em maximizar o valor de retorno do produto para o cliente.

Foco de Trabalho:

  • Definir e priorizar o backlog do produto.
  • Garantir que a equipe de desenvolvimento entenda as necessidades e prioridades do negócio.
  • Maximizar o valor do produto entregue pela equipe de desenvolvimento.

Habilidades Necessárias:

  • Fortes habilidades de comunicação e negociação.
  • Capacidade de tomar decisões rápidas e informadas.
  • Conhecimento profundo do produto e do mercado.
  • Habilidades de gerenciamento de stakeholders.

Experiência:

  • Experiência em gerenciamento de produtos ou projetos.
  • Certificações como Certified Scrum Product Owner (CSPO) são desejáveis.
  • Experiência prática em escrever e gerenciar user stories e backlog do produto.

O Scrum Team

A equipe de projeto, quem coloca a mão na massa na gestão ágil. O Scrum Team olha para o Product Backlog priorizado, seleciona os itens mais prioritários e se compromete a entregá-los ao final de um Sprint (iteração). Ou seja, são os profissionais que, ao final de cada iteração, irão entregar uma versão, incrementada, do produto.

Foco de Trabalho:

  • Desenvolver e entregar incrementos de produto de alta qualidade.
  • Colaborar continuamente para melhorar o processo de desenvolvimento.
  • Participar ativamente das cerimônias ágeis.

Habilidades Necessárias:

  • Conhecimento técnico relevante para o desenvolvimento do produto.
  • Capacidade de trabalhar de forma colaborativa em um ambiente de equipe.
  • Habilidades de resolução de problemas e adaptabilidade.
  • Comprometimento com a entrega contínua e melhoria contínua.

Experiência:

  • Experiência prática em desenvolvimento de software ou em áreas técnicas específicas do produto.
  • Familiaridade com práticas e ferramentas ágeis.
  • Experiência em trabalhar em equipes multifuncionais e auto-organizadas.

Você também pode se interessar por estes artigos:

  1. 6 dicas para definir papéis e cargos em projetos.
  2. Feito é melhor que perfeito? Os impactos do perfeccionismo na sua equipe de Projetos.
  3. O papel do Scrum Master na Gestão de Proejtos.