Case PMI DF

O Project Management Institute – PMI, fundado em 1969, é uma organização sem fins lucrativos que visa normatizar e desenvolver a gerência de projetos em todo mundo. Sediado na Pennsylvania (USA), possui mais de 240.000 membros distribuídos em 160 países. Suas publicações, padrões de gerenciamento e certificações tem reconhecimento mundial e representam o estado da arte sobre gerenciamento de projetos.

O PMI DF é recente e busca implantar um sistema eficaz de gerenciamento de projetos. O Gerente de Monitoramento e Avaliação da ANATER, Alencar Libânio, e também Chefe do PMO do capítulo PMI-DF diz que ainda estão em construção e estão finalizando a metodologia de gestão de projetos que será utilizada pelo capítulo. “Assim que estivermos com nossa metodologia implantada, levaremos todos os processos para o NetProject”, acrescenta.

Libânio selecionou o NetProject como uma solução de apoio ao Gerenciamento de Projetos, Portfólio e Trabalho. Já que o software integra as principais ferramentas de diversas escolas de Gerenciamento de Projetos. A principal escola trabalhada é a proposta pelas melhores práticas consolidadas no Guia PMBOK, bem como ferramentas Ágeis e Visuais.

Todos os diretores e recursos envolvidos no planejamento e execução dos projetos terão acesso direto ao NetProject. As ferramentas que deverão ser as mais utilizadas pelo Capítulo são: cronograma, kanban, planejamento estratégico, RH, e a dashboard. Conheça algumas delas!

  • Cronograma

Uma das principais ferramentas da gestão tradicional de projetos, o cronograma representa a distribuição e o encadeamento de tarefas necessárias para cumprir as entregas que foram definidas na EAP do Projeto.

O Cronograma é um gráfico que mostra as etapas (ou atividades) distribuídas em um calendário. É um retrato da cronologia do projeto, que se baseia nas decisões que foram tomadas quando o projeto foi planejado. A elaboração do cronograma é baseada no tempo que se vai demorar ao executar cada atividade. Essa estimativa depende de lógica, decisão, condicionantes externos e outros fatores, tais como, recursos, serviços de terceiros, perspectiva de planejamento e fatores incontroláveis.

  • Kanban

Esse quadro é utilizado em Gestão de Projetos ágeis que usa conceitos originados em sistemas puxados (fazer o necessário quando necessário). A ferramenta serve como um dispositivo sinalizador que autoriza e dá instruções para a produção, atividades ou entregas a serem cumpridas.

  • Planejamento Estratégico

O Balanced Scorecard (BSC) é uma ferramenta de planejamento estratégico usada para mensurar o desempenho empresarial. Ele determina as ligações de causa e efeito entre quatro indicadores de avaliação das empresas (financeiro; clientes; processos internos; aprendizado e crescimento). Se esses indicadores estiverem equilibrados, a empresa terá um desempenho melhor, podendo elaborar novas estratégias.

A partir de agora o PMI DF implantará a plataforma de gerenciamento de projetos da Seed Intelligence Company – o NetProject – e todos os processos passarão a ser sistematizados de forma integrada e estratégica.

O futuro é certo! O Capítulo ampliará a gestão dos projetos e maximizará seus resultados, já que o NetProject se encaixa no perfil da empresa, oferecendo o melhor custo-benefício e abrangendo todas as necessidades com uma plataforma multifuncional.

O NetProject destaca-se por levar a excelência em ferramentas de gestão para o dia-a-dia de seus usuários. Tudo isso com uma interface leve que pode ser utilizada em qualquer navegador WEB e, ainda, passa por constantes atualizações. Conheça o NetProject.

Sobre admin

Sobre o Colunista: Hayala Curto, CEO da Seed e idealizador do software NetProject. Principal acionista da empresa, Hayala é Mestre em Informática e graduado em Ciência da Computação pela PUC-MG. MBA em Gerência de Projetos e MBA em Gestão Empresarial pela FGV.
Tem mais de 15 anos de experiência profissional, coordenando projetos de TI e implantando Escritórios de Projetos em clientes de diversos portes e segmentos. Participou da abertura de 3 empresas. A primeira faliu, a segunda foi vendida e atualmente trabalha como CEO na terceira.
É certificado PMP desde 2005, PMI-SP e PMI-RMP, pelo PMI. Também é certificado IPMA-C, Prince2 e CSM. Apaixonado por Gerenciamento de Projetos, atua como docente na área, em cursos de pós-graduação/MBA, desde 2009. Atualmente é Coordenador de Cursos de Graduação da Faculdade COTEMIG.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.